ALTERNATIVA REGGAE

Aviso: Todo conteúdo deste blog foi retirado da Internet, eu apenas publico os links. O ALTERNATIVA REGGAE não se responsabiliza, em hipótese alguma, pelo mau uso deste conteúdo. Ao baixar qualquer tipo de conteúdo do ALTERNATIVA REGGAE, você automaticamente concorda que: 1- Deletará o conteúdo imediatamente após executado. 2- Jamais armazenará qualquer ítem baixado no ALTERNATIVA REGGAE, em CDs / DVDs virgens, seja para comercialização ou até mesmo para armazenamento. A gravação deste conteúdo implica em prejuízo direto para os seus criadores. 3- Você tem ciencia que todos os conteudos são copiados de outros blogs e que caso queiram buscar ajudas sobre links procure nas fontes que estão grifadas com os links dos autores das postagens.

THE SLACKERS dezembro 10, 2008

Filed under: JAZZ REGGAE,ROCKSTEADY,ROOTS REGGAE,SKA,SKINHEAD REGGAE,soul — charleslima @ 4:28 am

slackers08

The Slackers é uma das melhores e mais conhecidas bandas da nova cena de ska de Nova Iorque.

Formada no Brooklyn em 1991, a banda toca uma mistura de ska, rocksteady, reggae, soul, swing, garage rock, e jazz. Fazia parte do selo “Hellcat Records”.

Vários projetos paralelos surgiram da banda, entre eles: “Dave Hillyard Rocksteady 7”, “Crazy Baldhead”, “Da Whole Thing” e “SKAndalous All Stars”, além do projeto acústico do vocalista Vic Ruggiero.

DISCOGRAFIA COMPLETA DOWNLOAD TORRENT

BETTER LATE THAN NEVER(1996)

the-slackers-better-late-than-never

DOWNLOAD

PECULIAR(2006)

peculiar

DOWNLOAD

THE BOSS HARMONY SESSIONS(2007)

slackersfrontcover

DOWNLOAD

SELF MEDICATION(2008)

157751

DOWNLOAD

Anúncios
 

CHARLES LIMA dezembro 9, 2008

13

Charles Lima(Charles Chapplin Lima Figueira) é natural de Montes Claros/MG, músico, compositor e produtor de reggae, com diversas influências da música brasileira e mundial. Lançou seu primeiro cd de reggae, LEGALIZE POR AÍ, no ano de 2008. O estilo é reggae raíz trazendo no som paz, positividade, amor, harmonia e cultura rastafári sem esquecer a crítica social.

LEGALIZE POR (2008)

capa-cd

DOWNLOAD

MAIS DE CHARLES LIMA EM

http://palcomp3.cifraclub.terra.com.br/charleslima/

http://charleslimareggae.blogspot.com/

http://tramavirtual.uol.com.br/artista.jsp?id=83593

 

MEGA POST TROJAN

trojan tro tro-2

Desde a sua criação oficial em 1968, a Trojan Records tem sido a montra por excelência do som jamaicano. A editora já passou por vários mãos, mudou ao longo do tempo o seu modelo de negócio, mas mantém-se há quatro décadas como um farol do reggae. Na realidade, a sua história começa um pouco antes, no Verão de 67, quando a Island Records criou uma plataforma para editar os trabalhos de Duke Reid (na foto). De resto, é a ele que a etiqueta deve o nome: o músico transportava o seu “sound system” pelo país em camiões Leyland Trojan, que chegavam a pesar sete toneladas.

Primeiro centrada no rocksteady e nas primeiras manifestações reggae, a editora viria depois a abraçar as linguagens mais modernas do jungle e do dancehall. Foi com a Trojan que se ouviu pela primeira vez Bob Marley e os seus Wailers com boa qualidade, mas também John Holt, Ken Boothe e Dennis Brown. O filão de gravações que entretanto se ia formando levou à criação de várias editoras subsidiárias: por exemplo, a Upsetter, que lançava sobretudo material de Lee Perry, e a Amalgamated, que trabalhava essencialmente com Joe Gibbs.

Em 1969, a revisão de ‘Red Red Wine’ de Neil Diamond por Tony Tribe valeu à Trojan o primeiro verdadeiro sucesso comercial. As entradas para as tabelas de vendas, principalmente no Reino Unido, sucederam-se ao longo da década de 70. A dupla Dave (Barker) e Ansel Collins foi responsável pelo primeiro número um britânico, na Primavera de 1971, com ‘Double Barrel’. À boleia da Trojan, a Jamaica começava assim a exportar nomes então obscuros como Gregory Isaacs e U Roy.

Com o reggae a pular a cerca para o mainstream, a editora tornava as suas produções mais profissionais enquanto perdia as bases mais devotas dos primeiros anos. Em 72, a Trojan desligava-se em definitivo da Island, que começou a concentrar-se na promoção de músicos estabelecidos em solo britânico. Entretanto, na Jamaica, as transformações sociais reflectiam-se na música. O reggae aprofunda a sua consciência política e começa a assumir traços mais desafiantes, com as inovadoras técnicas de King Tubby e o nascimento do dub.

Três anos depois, a etiqueta é vendida à Saga Records e promove gente como Sugar Minott, Prince Far I e Scientist. Uma década mais tarde, a Trojan Records iniciou um extenso projecto de reedições de gravações clássicas, uma vocação que mantém nos dias de hoje. Para ler mais sobre a história e as principais figuras da editora, aconselha-se uma visita a www.trojan-records.com.

SKINHEAD REGGAE

skinheadreggae

DISCO 1

DOWNLOAD LINK 1

DOWNLOAD LINK 2

DISCO 2

DOWNLOAD LINK 1

DOWNLOAD LINK 2

DISCO 3

DOWNLOAD

DOWNLOAD TORRENT

REGGAE CHILL-OUT

chil-out

DOWNLOAD TORRENT

REGGAE SISTERS

sisters1

DOWNLOAD TORRENT

CREOLE REGGAE

creole

DOWNLOAD TORRENT

SUNSHINE REGGAE

sunshine

DOWNLOAD LINK 1

DOWNLOAD LINK 2

DOWNLOAD LINK 3

CLUB REGGAE

club

DOWNLOAD TORRENT

REGGAE BROTHERS

bro

DOWNLOAD TORRENT

SOULFUL REGGAE

souful

DOWNLOAD TORRENT

DUB

kalgbaabe

DOWNLOAD TORRENT

MOD REGGAE

mod

DOWNLOAD TORRENT

REVIVE

revivew

DOWNLOAD TORRENT